Pronomes pessoais do caso reto

Oi filha,

Estudar Português é engraçado porque, como já sabemos o idioma, parece que estamos apenas complicando as coisas. No fundo, um pouco é isso mesmo, mas no futuro você compreenderá que essa “complicação” é necessária. Acredite, as coisas vão fazer sentido: aprender a norma culta da língua (falar e escrever direito) é fundamental.

Neste post vamos conversar sobre os pronomes pessoais do caso reto, que são:

  • 1ª pessoa do singular: EU
  • 2ª pessoa do singular: TU
  • 3ª pessoa do singular: ELE, ELA
  • 1ª pessoa do plural: NÓS
  • 2ª pessoa do plural: VÓS
  • 3ª pessoa do plural: ELES, ELAS

Bom, pronomes pessoais do caso reto são aqueles que substituem os substantivos, assumindo quase sempre a função de sujeito da oração. De uma forma mais clara: os pronomes pessoais do caso reto indicam quem fala (eu e nós), com quem se fala (tu e vós) e de quem se fala (ele, ela, eles, elas). Observe que você e vocês não são pronomes pressoais retos (são pronomes de tratamento, mas isso é para um outro post).

Exemplos:

  • Eu escrevi o texto.
  • Tu escreveste o texto.
  • Ele escreveu o texto.
  • Nós escrevemos o texto.
  • Vós escrevestes o texto.
  • Eles escreveram o texto.

Vamos fazer um uso prático dos pronomes… Leia os textos a seguir e perceba como o emprego do pronome pessoal reto ajuda no processo de escrever bem e de forma clara.

João estuda no Bom Jesus. João gosta muito de estudar lá. João tem muitos amigos e João gosta muito da professora de matemática. A professora de matemática dá aula no Bom Jesus faz muito tempo e não apenas o João, mas todos os alunos admiram a professora de matemática.

Você percebeu que existe muita repetição dos nomes? João aparece várias vezes e professora de matemática também. Além de ficar esquisito, infantilizado, fica super chato de ler (repetitivo). É aí que entram os pronomes (= algo que se usa no lugar dos nomes). Observe a nova versão do texto:

João estuda no Bom Jesus. Ele gosta muito de estudar lá. Ele tem muitos amigos e gosta muito da professora de matemática. Ela dá aula no Bom Jesus faz muito tempo e não apenas o João, mas todos os alunos a admiram.

Eu troquei dois João por ele (pronome pessoal reto). Sumi com um João. Troquei uma professora de matemática por ela (pronome pessoa reto). E outra professora de matemática por a (pronome pessoal oblíquo, que você ainda não aprendeu).

O que achou? Não ficou mais leve, mais agradável de ler? Para isso servem os pronomes! (Nem precisa dizer, sei que daria para melhorar muito o texto, mas foi um exemplo e não uma redação).


Uma última observação, na linguagem falada, por vezes ouvimos monstruosidades como:

  • Ajudei ela na arrumação do quarto.
  • Encontrei ela na praia.

Além de doerem os ouvidos, estas frases estão erradas! Por que? Observe que o pronome ela não se refere ao sujeito da ação! Assim não se pode empregar pronome pessoal do caso reto.


Pratique com os exercícios a seguir:

Exercício simples.
Exercício simples.

Eu gostava MUITO do quadrinho abaixo, é de adulto, mas acho que você vai gostar. O Calvin é um menino de 6 anos que, na sua fantasia, interage com um tigre de pelúcia (Haroldo). O Haroldo ganha vida sempre que está a sós com o Calvin.

Encontre os PRONOMES PESSOAIS RETOS na tirinha.
Encontre os PRONOMES PESSOAIS RETOS na tirinha.

Beijo do pai!

Advertisements

One comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s