Interpretação de gráficos

Oi filha querida,

Depois da confusão com o horário de ontem, depois de deixar seu pai bufando, vamos ver se coisa caminha suavemente hoje. Eu realmente espero que sim, ninguém merece perder a hora de bobeira.

O assunto deste post são gráficos, coisa que eu, particularmente, gosto muito. Você, certamente, já deve ter percebido como eu gosto de mapas e de gráficos.

A enorme vantagem dos gráficos é que eles nos permitem perceber informações que, de outra forma, se perderíam num emaranhado de números. Você vai perceber isso na brincadeira que vamos fazer logo mais.

Como a interpretação de gráficos é algo muito intuitivo e que se desenvolve com a prática, vamos praticar com alguns exemplos.


Tipos de gráficos

Existem muitos e muitos tipos de gráficos, cada um mais indicado para um determinado tipo de situação. Os mais básicos e mais comuns são mostrados a seguir. Note que os gráficos são construídos a partir de um mesmo conjunto de dados.

Gráfico de coluna: cada coluna representa o valor de um item, num determinado agrupamento.
Gráfico de colunas: cada coluna representa o valor de um item, num determinado agrupamento.
Gráfico de linha: cada linha mostra o valor de um deteminado item.
Gráfico de linha: cada linha mostra o valor de um deteminado item.
Gráfico de pizza: o tamaho de cada fatia da pizza corresponde ao valor do item. Muito usado com porcentagens.
Gráfico de pizza: o tamaho de cada fatia da pizza corresponde ao valor do item. Muito usado com porcentagens.
Gráfico de barras: é como se fosse um gráfico de colunas "tombado" de lado.
Gráfico de barras: é como se fosse um gráfico de colunas “tombado” de lado.

Brincadeira (pero no mucho)

Imagine que no mundo de Naruto, os personagens trabalhem como vendedores, afinal, não tá fácil pra ninguém… Eles vendem produtos e serviços (capa, espada, capacete, corte de cabelos, lente de contato e escudo). A turma realmente precisa dar um jeito nos cabelos, fora precisar também de outros apetrechos.

Na central administrativa, algum shinobi tem que contabilizar as vendas, isto é, tem que saber quem vendeu o que, por quanto e quando. Para manter controle sobre isso, esse shinobi mantém uma lista como a dada a seguir:

Responda então às seguintes perguntas:

  1. Qual o produto ou serviço que teve mais saída?
  2. Qual o personagem que vendeu mais produtos?
  3. Qual o segundo produto ou serviço que mais deu dinheiro?
  4. Qual o produtou ou serviço cuja venda que deu menos dinheiro?
  5. Qual produto que teve o maior valor máximo por uma venda?
  6. E qual produto ou serviço que teve o menor valor máximo?

Se você consegiu responder às perguntas acima num tempo aceitável, merece um prêmio… Agora, responda às mesmas perguntas, mas olhando para os gráficos a seguir, construídos a partir da mesma tabela dada acima.

Gráfico de pizza com produtos e serviços vendidos.
Gráfico de pizza com produtos e serviços vendidos.
Gráfico de barras com itens vendidos por personagem.
Gráfico de barras com itens vendidos por personagem.
Gráfico de colunas com total de vendas por produto ou serviço.
Gráfico de colunas com total de vendas por produto ou serviço.
Gráfico de colunas com valor máximo de venda por produto ou serviço.
Gráfico de colunas com valor máximo de venda por produto ou serviço.

Bem mais fácil responder, não é? Gráficos são muito úteis, não apenas para shinobis, mas para nós também.

Beijo do pai!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s