Características dos Artrópodes

Oi filha

Agora vamos conversar um pouco sobre os artrópodes.

Eles são animais invertebrados que podem ser encontrados em todas as regiões da Terra. Os artrópodes são diversificados, com mais de um milhão de espécies catalogadas, o maior grupo com espécies descritas.

Os artrópodes competem o homem por alimento e provocam doenças. Mas eles são essenciais para a polinização das plantas, além de beneficiarem o homem produzindo mel, cera e seda.


Principais características

Exoesqueleto

Possuem um exoesqueleto formado por quitina, que cobre todo o corpo. Tem o corpo dividido em placas, viabilizando os movimentos do animal. Esses esqueletos externos se unem por articulações, daí o nome artrópodes, que significa pés articulados.

Atlantic-lobster-on-sea-bed (1)
A suculenta lagosta e um crustáceo e pertence ao filo dos artrópodes.

Musculatura

Possuem uma musculatura fixada na parte interna do exoesqueleto, formando um sistema de alavancas. O sistema muscular dos artrópodes é semelhante com com o dos vertebrados, com a diferença de que os músculos, nos artrópodes, são fixos na parede interna do exoesqueleto.

Circulação

Possuem circulação é do tipo aberta. O coração varia em tamanho e posição nas diferentes espécies, mas em todas ele possui uma ou mais câmaras com aberturas laterais.

Respiração

Possuem diversos tipos de respiração por meio de brânquias, de traquéias ou de pulmões laminares.

astropodes-insetos-6
Os insetos pertencem ao filo dos Artrópodes.

Digestão

Os intestinos anteriores e posteriores são formados a partir da ectoderme e são cobertos por cutícula. O intestino médio é formado pela endoderme. O intestino anterior é responsável pela ingestão, trituração e armazenamento de alimento. O médio é responsável pela produção de enzimas, digestão e absorção. E o posterior é responsável pela formação das fezes.

Sistema Nervoso e órgãos sensoriais

Possuem olhos, antenas e padrões complexos de comportamento que exigem um cérebro maior e mais desenvolvido. Os olhos formam uma imagem em mosaico, com imagens colocadas umas junto às outras. Têm facilidade para detetar movimento e um amplo campo visual.

2_Holocephalap
Detalhe dos olhos de um artrópode.

Reprodução

São geralmente dióicos, isto é, há macho e fêmea. A fecundação varia muito de acordo com a espécie.


Muda

O exoesqueleto representa um problema para o crescimento do animal. Para poder crescer, o artrópode é obrigado a se livrar do exoesqueleto de tempos em tempos. Este processo é chamado de muda.

Durante a muda, as células da epiderme secretam um novo exoesqueleto, embaixo do exoesqueleto antigo. Depois de um tempo, o exoesqueleto antigo se racha, sendo abandonado pelo artrópode que já com seu novo exoesqueleto.

Esse novo exoesqueleto ainda permanece flexível por alguns minutos ou horas, permitindo que o corpo do artrópode cresça, logo depois da muda. Mais tarde, o novo exoesqueleto se enrijece e o animal para de crescer.

exoesqueleto-450x298
Cigarra abandonando o exoesqueleto.

Beijo do pai!

Advertisements

One comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s