Missões jesuíticas

Oi filha querida,

Já vimos um pouco sobre os jesuítas e você rever o material aqui. Agora vamos ver, em mais detalhes, como foi a atuação dos jesuítas na América.


Início

As missões jesuíticas (conhecidas também como reduções) eram grandes aldeamentos indígenas organizados pelos jesuítas (da Companhia de Jesus) na América, a partir da sua chegada ao Brasil em 1549, com o objetivo de reunir os indígenas e educá-los de acordo com os princípios da cultura cristã ocidental.

O objetivo inicial era a catequização do indígenas mas, com o tempo alguns dos jesuítas passaram a desenvolver novos conceitos e chegaram mesmo a questionar a sdomínio do branco europeu cristão.

Veja um vídeo sobre as missões a seguir:


Desenvolvimento

Depois de um século e meio de ação dos Jesuítas junto aos indígenas, surgiram aldeamentos praticamente autossuficientes, em algumas das missões surgiram estruturas sociais, comerciais, culturais e militares que evidenciavam a capacidade de desenvolvimento dos indígenas ‘descobertos’ pelos europeus.

Nas missões havia igrejas e outras edificações, lá os indígenas criavam animais, cultivavam cereais, frutas e erva-mate. Ainda extraíam vegetais da floresta e produziam tecidos, objetos de couro, esculturas, instrumentos musicais.

A evangelização fazia-se por meio de missas, batismos, músicas, teatros e liturgia católica.

Os jesuítas combatiam alguns costumes indígenas como a poligamia e a antropofagia. Os jesuítas empregavam o guarani nas pregações e alguns instrumentos musicais indígenas, bem como permitiam costumes que consideram não prejudiciais ao trabalho missionário.

O momento de maior sucesso desse modelo em meados do século XVII e as missões tomaram tal proporção que chegaram a se tornar um empecilho para a expansão dos colonizadores europeus na América.

Ao perceberem o interesse dos portugueses em escravizar os índios, os jesuítas migraram as missões para o interior. Os religiosos também capacitaram os indíginas para o trabalho agrícola, de modo que vivessem independentes e afastados dos colonizadores portugueses.

Esse conflito entre colonizadores e missões se tornou uma guerra no século XVII, em que os povos das missões, com pouco armamento, foram derrotados na chamada Guerra Guaranítica. Em muitos casos, populações inteiras das missões foram dizimadas.

missoes-jesuiticas
Mapa com as missões dos jesuítas portugues e dos espanhóis.

Expulsão

Em 1759 os jesuítas foram expulsos do Brasil por uma decisão do Marques de Pombal. Terminou-se, assim, o ciclo iniciado em 1549 que, em 200 anos, produziu aldeamentos em que a qualidade de vida era superior a dos vilarejos dos brancos que colonizavam o Brasil.

Até sua saída, os jesuítas formaram 36 missões, construíram 25 residências e 17 colégios e seminários por todo o território brasileiro.


Estrutura de uma missão

O texto do pesquisador português Luiz A. B. Custódio que descreve as principais áreas da Missão de São Miguel Arcanjo (1756).

…um conjunto formado pela igreja, tendo de um lado o cemitério, do outro, a casa dos padres, ao redor do claustro e um segundo pátio, com oficinas e depósitos. Defronte a este conjunto, a praça principal, estruturada como elemento ordenador da povoação. Ao seu redor, nos outros três lados, localizavam-se as casas dos índios. A Igreja era sempre o prédio mais importante. A praça, o centro da redução. Ali eram feitos as procissões, os desfiles militares, as encenações religiosas e os jogos de bola ou o tejo. Em frente às igrejas eram feitas as representações teatrais, os autos sacros. Uma rua principal de acesso chegava à praça defronte à igreja. Junto à igreja estavam à residência dos padres, o colégio, as oficinas, o cemitério e o cotiguaçu, onde viviam as viúvas e os órfãos. Ao redor da praça, ficavam as casas dos caciques. Atrás da igreja, havia a quinta dos padres, onde estavam a horta, o pomar e o jardim. Na periferia dos povoados localizavam-se outros equipamentos como as fontes, alguns currais, o tambo, local também utilizado como hospedaria dos visitantes e mesmo habitações dos negros, que trabalhavam nas estâncias.

Isso tudo fica mais fácil de entender com o vídeo a seguir:

Ou com a ilustração:

Redução Jesuitica
Esquema de uma missão jesuítica.

Beijo do pai!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s