Guerra dos Emboabas

Oi filha querida,

Vamos conversar agora sobre Guerra dos Emboabas, importante conflito no interior do Brasil, envolvendo os bandeirantes.


Antecedentes

Em 1698, o bandeirante Antônio Dias de Oliveira descobriu as minas de Ouro Preto. Assim, nos primeiros anos do século XVIII, houve uma corrida do ouro, causando grande impacto na metrópole portuguesa. O interior do Brasil passou a atrair o interesse de populações de outras províncias e de portugueses da metrópole, todos interessados em enriquecer rapidamente. Em pouco tempo as jazidas encontradas seriam alvo de uma violenta disputa.

Os bandeirantes paulistas acreditavam que a exploração das minas deveria ser reservada aos pioneiros da região. Por outro lado, a Coroa Portuguesa entendia a situação como uma oportunidade de enriquecer o Estado Lusitano. Em pouco tempo, a região de Minas Gerais, entre 1707 e 1709, se tornou palco de um conflito que se denominou a Guerra dos Emboabas.


Conflito

Tratou-se de um conflito na região das Minas Gerais entre os anos de 1707 e 1709, envolvendo os bandeirantes paulistas e os emboabas (portugueses e imigrantes de outras regiões do Brasil).

A principal causa era a disputa pela exploração das minas de ouro recentemente descobertas na região das Minas Gerais. Os bandeirantes paulistas queriam exclusividade na exploração da região, pois afirmavam que tinham descoberto as minas.

Já os forasteiros pensavam e agiam diferentemente dos paulistas e formaram suas próprias comunidades, dentro da região que já era habitada pelos paulistas. Os emboabas dominavam o comércio que abastecia as minas, obtendo grandes lucros e conquistando grande poder. Havia também o contrabando de ouro, muito praticado por Manuel Nunes Viana.

Os emboabas foram liderados por esse mesmo português Manuel Nunes Viana, enquanto que Os paulistas eram comandados pelo bandeirante Borba Gato.

O confronto e a existência de jazidas de ouro criaram condições para que os portugueses reafirmassem a autoridade da metrópole.


Consequências

  • Houve a derrota dos bandeirantes paulistas e a Coroa Portuguesa criou a Capitania do Rio de Janeiro e a Capitania de São Paulo e Minas de Ouro (1709), mais tarde desmembrada em duas capitanias, a de São Paulo e a de Minas Gerais (1720).
  • Foi regulamentada a cobrança do quinto (20% do outro extraído era da Coroa).
  • A Coroa Portuguesa assumiu a exploração de ouro na região das Minas Gerais.
  • Os bandeirantes paulistas, foram expulsos das Minas Gerais e passaram a procurar ouro nas regiões de Goiás e Mato Grosso.
  • Nunes Viana foi expulso da província.

Observação

O termo emboaba era pejorativamente dirigida aos estrangeiros que tentaram controlar a região tardiamente.

Em tupi, emboaba se relacionava a todo tipo de ave que tinha sua perna coberta de penas até os pés. Os bandeirantes paulistas a empregavam para se referir aos forasteiros que, calçados de botas, começavam a explorar o interior atrás dos metais preciosos.

Beijo do pai!

Advertisements

One comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s