Regência nominal

Oi filha querida,

Vamos conversar hoje sobre regência nominal. Mas antes vamos falar um pouco sobre o que é regência.


Regência

É um conceito da sintaxe da Língua Portuguesa, em que uma palavra determinante subordina uma palavra determinada. Parece complicado, mas não é!

A regência pode ser de dois tipos:

  • Regência verbal: o verbo é o termo regente, enquanto os objetos diretos ou indiretos cumprem a função de termos regidos. Já vimos este tema;
  • Regência nominal: o nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) é o termo regente que quase sempre será acompanhado por uma preposição, cuja função é intermediar a relação entre o nome e seus complementos.

Regência nominal

Diferentemente da regência verbal, que exige análise sobre a transitividade dos verbos para que o tipo de dependência seja definido (objeto direto, indireto ou direto e indireto), a regência nominal estabele que as preposições devem sempre acompanhar os nomes.

Assim, regência nominal é a maneira de um nome (substantivo, adjetivo e advérbio) se relacionar com seus complementos. Quase sempre, a relação entre o nome e o seu complemento é estabelecida por preposição. O conhecimento da preposição é o que há de mais importante na regência nominal.

As preposições mais utilizadas são: a, de, com, em, para e por.

O complemento nominal (termo regido) pode ser substantivo, pronome, numeral, palavra substantivada ou mesmo expressão substantivada.

Assim, para sabermos a regência correta de um determinado nome, devemos, na prática, conhecer este nome e a preposição que ele exige. Em poucas palavras, temos que “decorar” a lista de nomes e preposições.

Antes que você comece a reclamar dizendo que não gosta de decorar nomes etc, aviso que eu escrevi “decorar” e não decorar.

Explico: você, sem saber, já vem decorando esta lista faz bastante tempo… Por meio de seu hábito de leitura! Você já tem um bom vocabulário e com ele veio uma longa lista de nomes e suas regências. Viu como ler é fundamental?


Observação importante

Para a regência nominal correta, devemos levar em conta que muitos nomes seguem exatamente o mesmo regime dos verbos correspondentes.

Isto é, se o verbo exige uma certa preposição antes de seu objeto, substantantivo correspondente ao verbo vai exigir a mesma preposição.


Exemplos e lista

Você abaixo os nomes mais comuns e suas respectivas preposições, numa longa lista de exemplos

Nome Exemplos
Amor Tenha amor a seus livros.
Meu amor pelos animais me conforta.
Cultivemos o amor da família.
Cultivemos o amor à família.
O amor para com a Pátria.
Ansioso Olhos ansiosos de novas paisagens.
Estava ansioso por vê-la.
Estou ansioso para ler o livro.
Acessível Isto é acessível a todos.
Acostumado Estou acostumado a comer pouco.
Estamos acostumados com as novas ferramentas.
Afável Ele é afável com sua filha.
O professor tem sido afável para com seus alunos.
Agradável Sou agradável a ti.
Alheio Ele vive alheio a tudo.
João está alheio de carinho fraternal.
Apto Estou apto a trabalhar.
Joana está apta para desenvolver suas funções.
Aversão Ele tem aversão a pessoas.
Paula tem aversão por itens supérfluos.
Benefício Pilates é um grande benefício à saúde.
Capacidade Laura tem excepcional capacidade de comunicação.
Joaquim tem capacidade para o trabalho.
Capaz Ele é capaz de tudo.
A empresa é capaz para trabalhar com projetos.
Compatível Seu computador é compatível com este.
Contrário Esse modo de vida é contrário à saúde.
Curioso Luís é curioso de tudo.
Vitória é curiosa por natureza.
Descontente Estamos descontentes com nosso sistema político.
Essencial Esse livro é essencial para aprender matemática.

Exemplos de nomes transitivos e suas respectivas preposições:

  • Acessível a
  • Acostumado a / com
  • Admiração por 
  • Agradável a
  • Alheio a / de
  • Amante de
  • Amigo de
  • Amoroso com
  • Análogo a
  • Ansioso de / para / por
  • Anterior a
  • Aparentado com
  • Apto a / para
  • Atentado a / contra
  • Atento a
  • Aversão a / para / por
  • Avesso a
  • Ávido de
  • Bacharel em
  • Bastante para
  • Benéfico a
  • Bom para
  • Capacidade de / para
  • Capaz de / para
  • Caritativo com
  • Cego a
  • Cheio de
  • Cheiro a
  • Cobiçoso de
  • Compatível com
  • Comum a
  • Contemporâneo a / de
  • Contíguo a
  • Contrário a
  • Cruel com
  • Cuidadoso com
  • Desatento a
  • Descontente com
  • Desejoso de
  • Devoção a / para / com / por
  • Diferente de
  • Difícil de
  • Digno de
  • Dotado de
  • Doutor em
  • Entendido em
  • Equivalente a
  • Escasso de
  • Essencial a / para
  • Estranho a
  • Exato em
  • Fácil de
  • Fanático por
  • Favorável a
  • Fiel a
  • Firme em
  • Furioso com
  • Generoso com
  • Grato a / por
  • Hábil em
  • Hábil em
  • Habituado a
  • Horror a
  • Idêntico a
  • Impaciência com
  • Impaciente com
  • Impossível de
  • Impróprio para
  • Inacessível a
  • Incapaz de
  • Incessante em
  • Indeciso em
  • Indiferente a
  • Inerente a
  • Inimigo de
  • Insensível a
  • Interesse em
  • Intolerante com
  • Inútil para
  • Lento em
  • Liberal com
  • Livre de
  • Longe de
  • Louco de
  • Maior de
  • Mau para
  • Medo de
  • Morador em
  • Natural de
  • Necessário a
  • Negligente em
  • Nocivo a
  • Obediência a
  • Obrigação de
  • Oposto a
  • Orgulhoso de
  • Paralelo a
  • Parco em
  • Passível de
  • Perito em
  • Perpendicular a
  • Perto de
  • Possível de
  • Posterior a
  • Preferível a
  • Prejudicial a
  • Prestes a
  • Primeiro em
  • Proeminência sobre
  • Pronto para
  • Propício a
  • Próprio para
  • Próximo a
  • Relacionado com
  • Relativo a
  • Respeito a / com / para com / por
  • Responsável por
  • Satisfeito com / de / em / por
  • Sedento de
  • Seguro de
  • Semelhante a
  • Sensível a
  • Solícito com
  • Sonho de
  • Surdo a
  • Suspeito de
  • Vazio de
  • Versado em
  • Visível a

Os advérbios terminados em -mente tendem a seguir o regime dos adjetivos de que são formados:

  • Paralela a: paralelamente a
  • Relativa a: relativamente a

Exercícios

Teste seus conhecimentos fazendo os seguintes exercícios:

  • Tendo em vista a relação de dependência manifestada entre um nome (termo regente) e seu respectivo complemento (termo regido), reescreva as orações a seguir, atribuindo-lhes a devida preposição.

a) O fumo é prejudicial * saúde.
b) Financiamentos imobiliários tornaram-se acessíveis * população.
c) Seu projeto é passível * reformulações.
d) Esteja atento * tudo que acontece por aqui.
e) Suas ideias são compatíveis * as minhas.

  • As palavras ansioso, contemporâneo e misericordioso regem, respectivamente, as preposições:

a) a – em – de.
b) de – a – de.
c) por – de – com.
d) de – com – para com.
e) com – a – a.

  • Indique onde há erro de regência nominal:

a) Ele é muito apegado em bens materiais.
b) Estamos fartos de tantas promessas.
c) Ela era suspeita de ter assaltado a loja.
d) Ele era intransigente nesse ponto do regulamento.
e) A confiança dos soldados no chefe era inabalável.

  • Diante das orações que seguem, analise-as e indique aquela que não se adequa ao uso da preposição “a”:

a) Estou ávido * boas notícias.
b) Esta canção é agradável * alma.
c) O respeito é essencial * boa convivência.
d) Mostraram-se indiferentes * tudo.
e) O filme é proibido * menores de dezoito anos.

  • Em se tratando dos seus conhecimentos acerca do processo de derivação regressiva, forme adjetivos a partir dos verbos que estão evidenciados nas alternativas que seguem:

a) apodrecer
b) empobrecer
c) amolecer
d) entristecer
e) enlouquecer
f) entortar
g) amadurecer
h) avermelhar
i) engordar
j) esfriar
l) empalidecer
m) endireitar

Beijo do pai!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s