Fenótipo e genótipo

Oi filha,

Outros dois conceitos fundamentais da genética são os de fenótipo e de genótipo, criados no início do século XX, pelo dinamarquês Wilhelm Ludvig Johannsen (1857-1927).


Fenótipo

O fenótipo está relacionado com as características externas, morfológicas, fisiológicas e comportamentais dos indivíduos. Isto é, o fenótipo determina a aparência do indivíduo (em sua maioria, aspectos visíveis), resultante da interação do meio e de seu conjunto de genes (genótipo).

Como exemplo de fonótipo, tomemos dois irmãos gêmeos. Um deles vive numa cidade de praia e toma muito mais sol, possuindo tom de pele mais moreno. Por outro lado, seu irmão vive numa cidade do interior, toma pouco sol e possui uma pele mais clara, determinada pelo meio em que vive. O fenótipo é este resultado da interação do genótipo com o ambiente.


Genótipo

O genótipo está associado às características internas, à constituição genética do indivíduo, ou seja, ao conjunto de cromossomos ou sequência de genes herdado dos pais (os quais, somados às influências ambientais, determinarão seu fenótipo).

Em outras palavras, o genótipo condiciona o fenótipo, sendo uma característica fixa do organismo, mantida durante toda a vida e, diferentemente do fenótipo, não sofre alterações em contato com o meio ambiente.

O genótipo é a constituição gênica de cada pessoa, composto dos genes maternos e paternos.

Beijo do pai!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s