Características dos Cnidários

Oi filha,

Vamos conversar agora sobre os cnidários ou celenterados.

A palavra celenterado deriva do grego Koilos, que significa compartimento, cavidade, e entheron, que diz respeito a intestino.

Cnidário tmbém deriva do grego knidos e significa urticante, que queima.


Corpo dos cnidários

Os celenterados podem se apresentar sob duas formas: pólipos ou medusas.

  • Pólipos: têm o corpo cilíndrico e vivem geralmente fixos em rochas. Na sua extremidade livre, possuem tentáculos em volta da boca.
pólipo
Por ficarem presos a pedras ou rochas, os cnidário em forma de pólipo lembram plantas.
  • Medusas: têm o corpo em forma de guarda-chuva. Seus tentáculos se distribuem na margem do corpo, no centro do qual fica a boca. Nadam livremente, embora geralmente de maneira limitada ou são carregadas pelas correntes de água.
Chrysaora
Cnidário com corpo em forma de medusa.

Classes de cnidários

Há três classes principais:

  • Hidrozoários: hidras e caravelas;
  • Cifozoários: águas-vivas;
  • Antozoários: actínias ou anêmonas-do-mar e pelos corais.

Hidras

Possuem corpo em forma de pólipo. Vivem em água doce, preferencialmente em águas frias e limpas.

hidra
Anatomia da hidra (em espanhol).

Caravelas

São colônias formadas por vários pólipos transparentes que como um todo, ficam flutuando sobre a água dos oceanos.

Nessa colônia, grupos diferentes de pólipos desempenham funções específicas. Uns lidam a digestão, alguns com a reprodução, outros ainda com a proteção da colônia.

Caravela-lanchaarare
A Caravela é levada pelo movimento das águas.

Águas-vivas

Têm o corpo em forma de medusa. Seu tamanho varia muito de espécie para espécie. Algumas podem ter mais de dois metros de diâmetro. Há águas-vivas no oceano Ártico, com tentáculos de até 30 metros.

diversas-imagens-agua-viva-8
Água-viva em foto submarina.

Anêmonas-do-mar

Têm o corpo em forma de pólipos. Possuem cores e tamanhos variados, medindo desde alguns milímetros até um metro ou mais de diâmetro. São encontradas fixadas a um suporte (rocha, madeira ou carapaças de animais).

tumblr_inline_n65tcpNNSz1rv0n7i
Anêmona-do-mar.

Corais

São colônias de pequenos pólipos que fabricam um exoesqueleto (esqueleto externo) calcário. Assim como com as caravelas, nos corais há divisão de trabalho, com alguns capturando alimentos, outros cuidando da reprodução etc.

Os corais possuem as mais variadas cores, sendo empregados na decoração de aquários e até na fabricação de jóias. Vivem em águas com temperaturas médias de 20 e 25ºC e na profundidade de aproximadamente 35 metros.

Quando morrem, seus esqueletos ficam intactos e servem de suporte para outros pólipos da colônia, formando, assim, os recifes de corais.

reef
Tartaruga nadando sobre corais.

Curiosidade

O peixe-palhaço passa todo o tempo perto das anêmonas-do-mar. Ele se esconde do perigo e dorme no meio dos tentáculos venenosos da anêmona. Às vezes, chega mesmo a roubar alimento da boca de sua protetora, embora também traga comida para um lugar onde ela alcance. Este pequeno peixe, ao contrário de outros, está a salvo dos ferrões da anêmona.

clownfish-anemone-678x276
Peixes-palhaços no meio de uma anêmona.

Beijo do pai!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s